Google+ Badge

Google+ Badge

Google+ Badge

Rádio Líder FM de Acopiara

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Fla mostra interesse em Vaz, e Vasco faz nova proposta para segurar atleta

É hora de correr para o abraço da filhona Raphaella, não é, Vaz? (Foto: André Durão/GloboEsporte.com)
Herói do Vasco no Campeonato Carioca, com gols contra o Flamengo e principalmente o do título, diante do Botafogo, o zagueiro Rafael Vaz está entre a cruz-de-malta e o vermelho e preto. O contrato de Vaz na Colina vence no próximo dia 6 e, inicialmente, a diretoria de Eurico Miranda não aumentaria a proposta para o defensor. Na última sexta-feira, porém, novo contato, do gerente de futebol Isaías Tinoco, levou nova oferta a Vaz: incremento de 30% no salário, que saltaria de R$ 80 mil para R$ 105 mil. As cartas estão novamente na mesa e não é à toa. O Flamengo entrou na jogada.
Dirigentes rubro-negros não negam a procura por Vaz, mas dizem que só seria possível buscá-lo em caso de uma desistência do negócio pelo cruz-maltino. No caso, recusa do defensor à oferta feita pelo Vasco. Com apenas três zagueiros no elenco, Vaz seria mais um nome para compor o setor. 
No meio das propostas de dois rivais há um ponto de interrogação. A relação de Reinaldo Pitta, empresário de Vaz, com o Vasco não é boa. Exemplo disso é que o lateral Julio Cesar, antes agenciado por Pitta, trocou de representante no processo de renovação com o Cruz-Maltino.
O último contato entre o Vasco e os representantes do jogador deu-se na semana passada. A expectativa é de que uma resposta à proposta do Vasco venha nesta terça-feira. Nos bastidores, a intenção do zagueiro seria seguir em São Januário.
- O Vasco procurou o garoto na sexta-feira, e depois o Isaías Tinoco me ligou. Pode ser que ele não fique no Vasco, mas não posso dizer ainda se fica, se vai para o Flamengo ou outro lugar. Eu não conversei com o Flamengo. A gente espera dar uma resposta ao Vasco até amanhã (terça-feira) - disse Pitta, em contato com o GloboEsporte.com nesta segunda.
Rafael Vaz, de 27 anos, estreou pelo Vasco em julho de 2013. Embora esteja em sua quarta temporada, nunca teve sequência como titular na Colina. Ele chegou a ficar oito meses afastado e soma apenas 47 jogos oficiais no período. O jogador sempre se destacou mais na no jogo aéreo ofensivo, na batida de bola e nas cobranças de falta do que na posição original. Além dos gols contra Flamengo e Botafogo no Carioca, ele chamou atenção ao salvar o Vasco na segunda fase da Copa do Brasil escalado como centroavante. Visto como "finalizador nato" por Jorginho, garantiu a classificação da equipe contra o CRB aos 47 minutos do segundo tempo.
globo esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário