Google+ Badge

Google+ Badge

Google+ Badge

Rádio Líder FM de Acopiara

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Rotina de decisões

20.04.2015

Ceará chega à sétima final de Campeonato Cearense seguida, o que não acontecia desde 1996-2002

Image-0-Artigo-1837791-1
Após ser tetra em 2014, o Ceará busca o penta estadual contra o Fortaleza
FOTO: BRUNO GOMES
Ao conquistar sua vaga na final do Campeonato Cearense contra o Fortaleza nos dias 26 deste mês e 3 de maio, ao bater o Guarani de Juazeiro por 3 a 0, no Presidente Vargas, o Ceará chegou há sua sétima decisão de Estadual seguida: 2008-2015.
Com a sequencia, o Vovô igualou o feito dos anos 1996-2002, quando foi tetracampeão de 96 a 99 - superando na ordem, Ferroviário, Fortaleza, Ferroviário (mais uma vez) e Juazeiro, perdeu as decisões de 2000 e 2001 para o Fortaleza, e voltou a levantar a taça em 2002, dando o troco do Tricolor.
Depois de ficar fora da decisão de 2008, entre Fortaleza e Icasa, o Ceará engatou presença em todas as finais até então. Nos dois primeiros anos, o Alvinegro perdeu as finais para o Fortaleza - em 2009 e 2010 - para nos anos seguintes engatar o tetracampeonato: foi campeão ante o Guarani de Juazeiro; no ano seguinte, 2011, bateu o Leão em 2012, o Guarany de Sobral em 2013 e novamente o Fortaleza em 2014, e agora mira seu segundo pentacampeonato, em 2015. Vale lembrar que em algumas ocasiões, como em 2011, a decisão do 2º turno valeu como a final para o Ceará, por já ter conquistado o 1º e levou o título 'arrastão'.
Os alvinegros comemoram a rotina em decisões estaduais, destacando o trabalho bem feito no clube neste período.
"Chegar na decisão do campeonato cearense acaba sendo uma obrigação para o Ceará, que é o time grande do Estado e precisa sempre estar na final do campeonato e buscar o titulo. Este ano, temos a chance de conquistar um pentacampeonato, um sonho de escrever seu nome na história do clube. Sabemos que ainda tem muita coisa pela frente, mas chegar a tantas decisões mostra concentração nos momentos decisivos", declarou o meia Ricardinho.
O gerente de futebol Diego Cerri também opinou sobre mais um ano na decisão do Campeonato Cearense. "O clube vem se organizando e se estruturando para disputar títulos. Desde que eu cheguei aqui, em 2013, fomos campeões duas vezes e estamos buscando o pentacampeonato, que seria histórico para o clube. Vamos perseguir isso com toda força e toda prioridade que a gente possa dar", declarou ele, dando a entender que o clube priorizará as finais do Estadual, em detrimento a decisão da Copa do Nordeste, contra o Bahia, apesar de o objetivo seja conquistar ambos.
Foco
Em 12 dias, o Vovô fará duas finais, contra o Bahia pela Copa do Nordeste e diante do Fortaleza no Estadual, com os confrontos intercalados. Pela ordem, o Ceará joga na próxima quarta-feira 22, contra os baianos em Salvador; no domingo, 26, o primeiro Clássico-Rei da finalíssima do Estadual, para em seguida, 29, receber o Bahia, e finalmente, no dia 3 de maio, o jogo decisivo com o Fortaleza.
Para Diego Cerri, o importante é manter o grupo concentrado nas duas decisões.
"Não tenha dúvida que o excesso de jogos causa um desgaste tanto físico quanto mental e para o Ceará chegar nas duas decisões, isso ocorreu. E quando afunila nas competições, em jogos decisivos como serão, é preciso uma concentração dobrada, foco, uma entrega maior dos atletas, abdicar de outras atividades para realmente se entregar nestes 15 dias para conquistarmos os títulos que temos pela frente", explicou o dirigente.
O técnico Silas reforçou o trabalho que o time precisa fazer para as duas decisões que terá pela frente.
"Serão 15 dias de trabalho para quatro jogos pesados, mas temos que ir com os pés no chão, com a ansiedade lá embaixo e o trabalho lá em cima. Todo jogador, todo profissional sonha em estar decidindo títulos. Temos adversários difíceis, nessa hora não dá para priorizar, pois são duas competições importantes, que o Ceará quer", afirmou.
Vladimir Marques
Repórte

Nenhum comentário:

Postar um comentário