Google+ Badge

Google+ Badge

Google+ Badge

Rádio Líder FM de Acopiara

quinta-feira, 9 de abril de 2015

09/04/2015 07h05 - Atualizado em 09/04/2015 07h05

Agora é decisão! Veja destaques dos classificados à fase final do Paulistão

Quatro grandes chegam como favoritos, mas Ponte Preta, RB Brasil, Botafogo e XV de Piracicaba tentam surpreender nas quartas

Por São Paulo
Chegou ao fim a primeira fase do Campeonato Paulista. Agora, oito clubes disputam o título do principal torneio do estado, no formato mata-mata - em jogo único nas quartas de final e semifinal, e com partidas de ida e volta na grande decisão. 
Depois de "passearem" nesta fase inicial, os grandes Corinthians, Santos, Palmeiras e São Paulo entram nas quartas de final com o favoritismo. O mando de campo, porém, será a única vantagem dos grandes, já que, se o jogo terminar empatado, a disputa será por pênaltis. 
Ponte Preta, RB Brasil, Botafogo e XV de Piracicaba tentarão surpreender e repetir o feito do Ituano, campeão de 2014, batendo o Santos nos penais.
Confira abaixo os destaques de cada equipe para a reta final da competição.
Header Corinthians 690 (Foto: Infoesporte)


Ainda invicto em jogos oficiais no ano, o Timão chega para enfrentar a Ponte no mata-mata embalado pela melhor campanha da primeira fase, mesmo tendo utilizado times mistos em alguns confrontos. Fruto do ótimo trabalho do técnico Tite. 
Tite Guerrero Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)Tite e Guerrero, destaques do Corinthians no Paulistão (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)
Em campo, a maior aposta para a fase final, além do conjunto, segue sendo o centroavante Guerrero, que já marcou seis vezes no Paulistão. O esquema tático é o 4-1-4-1, com foco na compactação defensiva e nas triangulações no ataque. Em entrevista ao Esporte Espetacular, Tite contou alguns de seus segredos táticos. Clique aqui para ver o vídeo.
Header_Santos_690 (Foto: Arte Esporte)


Depois de um começo de ano conturbado, com vários jogadores deixando o clube por falta de pagamento, o Peixe se acertou e teve ótima campanha na primeira fase. No mata-mata, vai receber o XV de Piracicaba na Vila Belmiro.
Contratado por apenas quatro meses, mas perto de renovar seu vínculo para o Brasileirão, Ricardo Oliveira se tornou a referência no setor ofensivo, já marcou sete gols e luta pela artilharia do torneio. Hoje é a peça de maior destaque no destacado ataque, completado por Lucas Lima, Robinho e Geuvânio. 
Treino do Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)Marcelo Fernandes orienta o time do Santos em treinamento (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Assim como o Corinthians, o Santos está invicto em clássicos: empatou com o Timão e o São Paulo, e venceu o Palmeiras. Em dois desses jogos o treinador já era Marcelo Fernandes, interino que acabou sendo efetivado após a demissão de Enderson Moreira.
Header Sao Paulo 690 (Foto: Infoesporte)



É o time grande que chega ao mata-mata em situação mais conturbada, com alguns resultados ruins e a saída de Muricy Ramalho, na última segunda-feira. Sem técnico, o time ainda busca se encontrar e tem como principal nome na competição o atacante Alexandre Pato, que já marcou seis gols. Michel Bastos, Ganso e Centurión ainda não embalaram em 2015, mas são outras esperanças.
Wesley São Paulo (Foto: divulgação)Wesley, enfim, poderá estrear pelo São Paulo (Foto: divulgação)
Enquanto a diretoria não fecha com um novo treinador, o auxiliar Milton Cruz segue como interino, neste que tem tudo para ser o último Paulistão da carreira de Rogério Ceni. Aos 42 anos, o goleiro tem contato até agosto.
Uma das esperanças para que o time deslanche é o volante Wesley. Como ele só se desvinculou do Palmeiras em fevereiro, não pôde ser inscrito pelo São Paulo na primeira fase do Paulistão. Agora, está liberado. O adversário do Tricolor será o RB Brasil.
Header_Palmeiras_690 (Foto: Arte Esporte)

Reconstruído após um 2014 muito fraco, que quase culminou no terceiro rebaixamento do clube na história do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras conseguiu se reerguer na virada do ano e foi um dos destaques do Paulistão. 
No total, foram 20 reforços, sendo que alguns ainda nem estrearam (Kelvin, Cleiton Xavier e Egídio). Os principais nomes em campo foram Robinho e Dudu. O primeiro surpreendeu com enorme qualidade na organização do time e na chegada ao ataque. Já o atacante mostrou muita habilidade e velocidade pelos lados. 
Valdivia Palmeiras (Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)Valdivia é a grande atração do Palmeiras para o mata-mata do Paulistão (Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)
Mas nenhum jogador desperta mais a expectativa da torcida do que Valdivia. Depois de 118 dias parado, por conta de uma lesão muscular, o chileno reapareceu no time na penúltima rodada da primeira fase e, segundo o técnico Oswaldo de Oliveira, será titular nos jogos mais importantes. O adversário será o Botafogo de Ribeirão Preto.
Header_Ponte-Preta_690 (Foto: Arte Esporte)


Outro integrante da elite nacional, a Ponte Preta também se classificou sem grandes dificuldades. O destaque da equipe na primeira fase foi Biro Biro, autor de seis gols na competição, mas o técnico Guto Ferreira faz questão de priorizar o conjunto da equipe, que venceu Palmeiras (em São Paulo) e Santos (em Campinas) na primeira fase. 
Biro Biro, atacante da Ponte Preta (Foto: Victor Hafner/ PontePress)Biro Biro (à dir.), um dos destaques da Ponte Preta no Paulistão (Foto: Victor Hafner/ PontePress)
Rildo, após uma passagem ruim pelo Santos, continua sendo uma válvula de escape pela esquerda. O time conta ainda com dois armadores com longa história no clube: Renato Cajá e Adrianinho. O primeiro tem sido titular, e o segundo é sempre uma boa opção para o segundo tempo. O adversário será o Corinthians.
Headers RB Brasil (Foto: GloboEsporte.com)


Em sua estreia na Série A-1, a equipe, que manda seus jogos no estádio da Ponte Preta, foi a maior surpresa da primeira fase. Depois de um começo ruim, o time embalou e se classificou com ótima campanha. 
RB Brasil x Ponte Preta (Foto: Divulgação Red Bull Brasil)Fabiano Eller (à esq) é o capitão do RB Brasil, que tem Lulinha e Edmilson no ataque (Foto: Divulgação Red Bull Brasil)
Muito desse sucesso se dá graças ao experiente atacante Edmilson, ex-Palmeiras e Vasco, autor de sete gols, e ao ex-corintiano Lulinha. Os dois são os principais nomes do setor ofensivo e podem ajudar o Toro Loko a surpreender nas quartas de final. Na defesa, quem comanda é o experiente Fabiano Eller. O time venceu o Palmeiras na primeira fase e vai pegar o São Paulo no mata-mata.
Header_Botafogo-SP_690 (Foto: Arte Esporte)


O Botafogo teve três técnicos durante a primeira fase e, mesmo assim, conseguiu a classificação, inesperada diante do começo ruim. A equipe de Ribeirão Preto usou alguns garotos da base, vice-campeã da Copinha deste ano, com outros veteranos, como André Santos. Este último, porém, não conseguiu embalar e acabou na reserva.
Rodrigo Andrade, meia do Botafogo-SP (Foto: Cleber Akamine)O meia Rodrigo Andrade é o destaque do Botafogo de Ribeirão Preto (Foto: Cleber Akamine)
Artilheiro do Botafogo com quatro gols neste Paulistão, Rodrigo Andrade tem sido o principal destaque do time. Ambidestro, o camisa 10 é o principal responsável por distribuir as jogadas de ataque e, quando tem espaço, arrisca bons chutes a gol. No mata-mata, o time de Ribeirão vai encarar o Palmeiras.
Header_XV-Piracicaba (Foto: Infoesporte)
O XV foi o último time a garantir classificação para o mata-mata. A vaga foi alcançada na última rodada, com um empate em 2 a 2 com o Corinthians (e mais a derrota do Penapolense para o São bento). A equipe de Piracicaba é a única classificada que não conseguiu vencer um grande na primeira fase e vai enfrentar o Santos na Vila.
corinthians xv de piracicaba (Foto: Hélio Suenada/Futura Press/Estadão Conteúdo)XV de Piracicaba se classificou com o empate com o Corinthians (Foto: Hélio Suenada/Futura Press/Estadão Conteúdo)
Desde que trocou Roque Júnior por Toninho Cecílio no comando técnico, o Nhô Quim se recuperou, se livrou da queda com uma rodada de antecedência e passou de fase no Paulistão após 25 anos. A última vez tinha sido em 1990. O meia-atacante Paulinho é o principal destaque quinzista. Solto em campo, o camisa 10 tem liberdade para buscar as jogadas e principalmente para entrar na área, tanto que, com seis gols, é o artilheiro do time na competição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário